Novidade no Rio de Janeiro! Startup oferece renda extra à motoristas de aplicativos

A Seely é uma startup de publicidade (AdTech) criada, especialmente, para gerar renda extra para motoristas de aplicativos, levar entretenimento a passageiros e ser um canal de alto impacto para anunciantes. Trata-se de uma tela inteligente, disposta na parte de trás do banco do carona, que possibilita ao passageiro uma viagem tranquila, já que este pode assistir diversos conteúdos, que vão desde trailer de filmes, dicas de horóscopo, previsão do tempo a conteúdo infantil, tudo baseado em dados e geolocalização. Sem dúvida, é um excelente negócio para os motoristas. Porque, aqueles que se cadastrarem na Seely, terão a oportunidade de faturar por mês R$ 200. E isso sem precisar desembolsar nada, zero investimento. Basta fazer o cadastro no site (https://seely.com.br/motoristas/) e, após passar por uma avaliação, as telas (tablet) são instaladas no seu veículo. Mas não só os motoristas e passageiros são beneficiados com a Seely.

Para os anunciantes, a plataforma também é um excelente negócio. Porque, sendo os carros de aplicativos bastante utilizados nos dias de hoje, o número de pessoas que vão ter acesso ao seu negócio ou produto, é muito grande. Para ter uma ideia, de acordo com a Adjust, empresa que atua na área de mensuração, automação e cibersegurança do setor, o Brasil é o segundo principal mercado de transporte por aplicativo do mundo. E, só em 2020, a empresa líder do segmento no país faturou, aproximadamente, 3,7 bilhões de reais com a operação por aqui.

A startup está dentro da categoria Digital Out Of Home (DOOH) ou Mídia Externa Digital (que é basicamente de anúncios externos, como outdoor, busdoor, etc). Mas o diferencial, de acordo com um dos fundadores da Seely, Abel Ribeiro, está na mensuração dos resultados. “A Seely se destaca por ser 100% digital. Ao contrário das outras mídias externas, onde se trabalha com a probabilidade de quantas pessoas visualizaram o anúncio, nossa plataforma, por ser digital, aponta, exatamente, quantas pessoas tiveram acesso ao conteúdo disponibilizado”, diz ele, que ainda ressalta o cunho social do serviço: “Um motorista de aplicativo dirige, em média, de 10 a 12 horas por dia. Assim, a Seely é uma maneira de ajudá-los a conquistar uma renda extra, o que, com certeza, será benéfico para muitas famílias”.